• Admin

Amamentação e covid-19: orientações e cuidados na pandemia

Até o presente momento, não há evidências que de o vírus possa ser transmitido pelo leite materno. Considerando-se que os benefícios superam os riscos potenciais de transmissão do coronavírus entre mãe e bebê, a Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda que mães sadias devem fazer apenas higiene habitual, mas reforçamos atenção especial para com a higiene das mãos com álcool em gel, conforme amplamente orientado. Além disso, é importante higienizar muito bem todos os utensílios que tiverem contato com o bebê – naqueles que usam mamadeiras, chupetas, latas de leite fórmula pois o vírus pode sobreviver por horas ou até dias nesses materiais.

Mãe amamentando bebê

Estou infectada, posso amamentar?

As mães infectadas pelo novo coronavírus, se desejarem e estiverem em condições clínicas para amamentarem, deverão manter alguns cuidados como lavagem das mãos por, pelo menos 20 segundos antes de tocar o bebê; usar mascara facial (cobrindo completamente nariz e boca) durante as mamadas e evitar falar ou tossir durante a amamentação.

Bebê sendo amamentado mãe coronavírus

A máscara deve ser imediatamente trocada em caso de tosse ou espirro ou a cada nova mamada.

Caso a mulher não se sinta segura em amamentar enquanto estiver contaminada com o coronavírus, recomenda-se que seu leite seja retirado e ofertado à criança, seguindo todos os cuidados de higiene e podendo buscar ajuda de outra pessoa. Nesse caso, recomenda-se orientação de um profissional.


Higienização

Lembrar que todas as pessoas sadias que tiverem contato com os bebês, devem intensificar a lavagem das mãos com água e sabão, além do uso de álcool gel. O benefício de você amamentar a criança é tão grande que vale a pena correr o risco considerado habitual, já que não há evidência concreta de casos em que houve contaminação.


#coronavírus #covid19 #amamentação #medicina #higienização

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo