• Admin

Conheça as 5 doenças mais comuns na primavera e como evitá-las

A estação mais colorida do ano pode trazer algumas doenças comuns que podem afetar a qualquer pessoa. Isso ocorre porque a primavera traz um aumento de agentes alérgicos, e o aumento das temperaturas e da umidade também contribui para a multiplicação de vírus e bactérias.

Mesmo que no Brasil não há uma definição tão marcada das estações, nesta época é mais comum ocorrerem algumas doenças. 

Veja algumas delas:

  1. Asma e problemas respiratórios: na primavera costuma haver um aumento dos agentes que causam ataques de asma e alergias. As mudanças na temperatura e umidade estão relacionadas a um aumento de problemas respiratórios, como a rinite, asma, problemas de tosse, entre outros. Para evitar isso, mantenha-se hidratado, e a casa limpa e arejada.

  2. Catapora: seus sintomas incluem dor de cabeça, febre, dor de estômago e as erupções na pele (bolinhas) que causam coceira. É outra doença típica desta época, principalmente entre os meses de setembro e novembro. Para evitar, vacine seu filho!

  3. Conjuntivite: esta infecção nos olhos pode ser contraída em qualquer época do ano, mas na primavera é mais comum a do tipo alérgica, causada pela proliferação de pó, ácaro e pólen. Para evitar, cuide com a higiene das mãos. 

  4. Escalartina: é causada por uma bactéria e entre seus sintomas estão aumento das papilas gustativas da língua, febre e manchas vermelhas pelo corpo. A transmissão ocorre pelo contato de gotículas de saliva, então para prevenir evite aglomerações e não compartilhe copos ou talheres.

  5. Dengue, zika e Chikungunya: com o aumento das chuvas e do calor, há maior proliferação de mosquitos que transmitem estas doenças. A prevenção é o melhor caminho, não deixando água parada em todos os locais.

Para ter uma primavera tranquila, basta tomar alguns cuidados básicos como: lavar as mãos antes do tocar os olhos e boca, manter a casa limpa e arejada e a vacinação em dia!

Caso tenha alguma dúvida, converse com seu médico!


#primavera #prevenção #doenças #cuidados

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo